Cobalt Clube do Brasil

Versão Completa: RECLAMAÇÃO COBALT 1.4
Você está atualmente visualizando uma versão simplificada do conteúdo. Visualizar a versão completa com formatação.
Páginas: 1 2
Pessoal como não achei tópico a respeito criei perdoem se não for o local correto.

Se você esta como já fiz aqui procurando informações sobre o cobalt 1.4 simplesmente não compre, a primeira vista parece um ótimo carro, mas infelizmente o motor não suporta a carroceria, grila e muitas vezes apaga, para-choques fracos, qualquer encostão amassa e fica com vincos, o my link ´emuito bonito e é só, o meu apresenta instabilidade na conexão bluetooth com meu iphone4 e instabilidade na leitura de pendrive, o acabamento interior deixa muito a desejar com 3 meses o meu ja tem barulhos no painel e o forro superior esta caindo do lado esquerdo pois ficou muito curto e não entra dentro da borracha, o consumo do meu é 6,4 com etanol e 8 com gasolina, nada economico a não ser que você vá usar para passear e fique trocando a marcha em 2500 giros eu estico até 3 mil para não ficar tão chocho quanto ja é, fica muito melhor com Etanol mas vira uma garganta se o pé for um pouco mais pesado e quiser maior agilidade no trânsito.
Bem não sei sobre o 1.8 mas o 1.4 ao meu ver não precisava existir.
Na concessionária eles reconhecem que o motor é assim mesmo então já viu a bucha, eram para ter me avisado antes quando estava comprando.
Vamos por parte

em relacao ao motor .. o cobalt tem 1.4 ... e tem fabrica ae como a fiat, renault, toyota e seila mais qual que vende sedan com mesmo peso ou maior com motor 1.0 de entrada e 1.4 como intermediario (e sendo 1.4 mais fraco que esse econoflex), entao em relacao ao motor acredito que sim ele tem um publico (eu por ex) que usa mto no plano e so com 2 pessoas (moro em sjcampos) e o motor "sobra" isso mesmo sobra, na estrada pega 130km/h num piscar e mantenho a viagem na quinta marcha praticamente do ponto de partida ao final, pois é meu perfil, visto que tambem ja tive muitos 1.0 e ate 2.2 (vectra gls 2000) e considero o motor 1.4 do cobalt honesto para a proposta / economia de combustivel

em relacao ao acabamento, mesma coisa, eu tenho boa oportunidade de andar em carros 0km e semi novos de diversas marcas e por isso que escolhi o cobalt, qual presta ?? nem mercedes presta hoje em dia, ja vi bmw dando problema no cambio, e em relacao aos "barulhos no painel" so categoria superior e para isso precisamos desembolsar bastantinho a mais para ser ter um painel com tratamento MELHOR para nao ter esses barulhos.. Enfim nao estou defendendo a GM, pois nao é culpa da GM produzir carros assim, a culpa é NOSSA que aceita pagar o valor que eles oferecem, e quando digo ELES eu digo TODAS as fabricantes. O cobalt é meu terceiro carro 0km, e bem provavel se eu nao achar uma pinchinca na prox compra eu deva pegar um SEMI NOVO, para nao alimentar essa industria que nos vende carros assim. E pelomenos comigo, o meu cobalt tem 20.000 km e parece 0km ao rodar, silencioso e sem problemas ou ruidos, testei hoje e outro dia quando voltei de ilha bela onde tem um trecho com bastante paralelepidos o carro nao estava "desmontando" milagre ?? 3 reais em adesivos 3m de velcro espalhados no carro INTEIRO, e digo que ja tem alguns fazendo aniversario de 1 ano e estao firmes e fortes heheeh .

Infelizmente é o jeito, a epoca do Diplomata SE nao volta mais .. nunca mais Triste
Não há como o Cobalt ser muito econômico, pois ele é um carro, comparado com os demais sedans compactos, relativamente pesado.

Segundo a Quatro Rodas, o Cobalt LT 1.4l pesa 1.116 kg. Fonte: http://quatrorodas.abril.com.br/galerias..._ficha.jpg

Reparem que o Prisma 1.4l (mesmo motor), que segundo a QR pesa apenas 1.029 kg, é bem mais econômico. Fonte: http://quatrorodas.abril.com.br/galerias..._ficha.jpg

Para dar mais agilidade ao Cobalt, a GM poderia encurtar um pouco as suas marchas (mudando o diferencial da sua transmissão). Não obstante, enquanto isso agradaria uns, também desagradaria outros, pois essa questão é subjetiva.

PS: em termos de mercado, a opção do motor 1.4l é muito importante. A extinta linha Corsa, por exemplo, apenas passou emplacar bem depois que ganhou essa opção de motorização.

Errata,

O link correto do consumo do comparativo da Quatro Rodas é esse aqui: http://quatrorodas.abril.com.br/galerias...s_dese.jpg
Marcatto,

O motor 1.4 do Cobalt não é o mesmo do Prisma.
O cobalt usa o econo.flex e o prisma o SPE/4 (que recebeu algumas atualizações.)
Cleber, até um tempo atrás, no próprio site de Chevrolet, mostrava que esse motor SPE/4 só era utilizado no Prisma 1.4 LTZ. O Prisma 1.4 LT, que é o que esta na tabela que o Marcatto linkou, usaria exatamente o mesmo EconoFlex do Cobalt 1.4.

Porém, atualizaram o site e agora mostra todas as versões com o SPE/4.

Não sei se o site estava errado ou se realmente mudaram a motorização do Prisma LT. E também não sei a data de elaboração dessa tabela, para dizer se consideraram o motor EconoFlex ou SPE/4 para o Prisma LT...

Mas enfim, o fato que o Cobalt vazio sempre vai corresponder a um Prisma com dois sacos de cimento dentro (de 50kg cada)... E se você ficar rodando com dois sacos de cimento dentro de um Prisma, garanto que ele vai ficar bem mais gastão, kkkkkkkkk
(29/12/2013 11:06)Cleber Escreveu: [ -> ]Marcatto,

O motor 1.4 do Cobalt não é o mesmo do Prisma.
O cobalt usa o econo.flex e o prisma o SPE/4 (que recebeu algumas atualizações.)

Embora uma atualização a frente, o motor 1.4l SPE/4 do Prisma é exatamente o mesmo motor (família l 08 válvulas) 1.4l econo.flex do Cobalt.
Caro Maysonnave
Quando comprei meu cobalt procurei informações relacionadas ao peso do carro e torque e obtive informações que, se eu estava comprando um carro com grande capacidade de portamalas e para andar com mais 3 pessoas era melhor não pensar no motor 1.4 pois eu ficaria frustrada. Como meu primeiro carro Okm foi 1.0 e eu tinha que desligar o ar condicionado para subir uma ladeira, resolvi não arriscar e optei pelo 1.8. Creio que ainda é cedo para falar mas fiz minha primeira viagem ontem. Meu carro está com 1000 Km. Foram 510 Km ontem e gostei do desempenho do motor. Com 4 pessoas e sem bagagem atingiu fácil os 140 km/h (tive que tirar o pe). Teve bom desempenho na subida da serra de Campos do Jordão e estabilidade nas curvas. O consumo…bem..não esperava que fosse econômico com motor 1.8 e relativamente pesado. Ainda não consegui fazer os calculos adequadamente pela baixa quilometragem e parte do tanque ter sido consumida na cidade, mas ontem creio que fez 11 a 12 km/L. Meu antigo carro fazia 15 com motor 1,6. Acho que para cidade, sem peso extra ou para quem faz pequenos trajetos e foca em economia cabe o motor 1.4. Afora isso, melhor 1.8 mesmo. Ah! Meu mylink tb tem falhado ocasionalmente e vou prestar mais atenção!
Tópico movido para a área correta.
O único problema do Cobalt 1.8 são os barulhos internos e "economia boba" da GM.

Mas concordo que o 1.4 não deveria nem existir. O 1.8 já é fraco!!!

Dirigi vários modelos de carros, embora meu primeiro zero tenha sido o Cobalt. O 1.4 não quero, só de graça, rsrsrsr.

É que o Cobalt brasileiro, não sei porque, usa esse motor ultrapassado. O Cobalt Russo usa outro motor e o americano também. Alguns países usam o Ecotec, mesmo usado no Brasil no Cruze e no Sonic.

Então, mancadas técnicas da GM em prol de lucros cada vez maiores...

Tipo, colocar em risco nossa segurança com a retirada das pequenas lâmpadas do paralama. Quanto custa um Cobalt (mais barato 40.000,00). Quanto ela compra essas lâmpadas???

Aí pessoas vem com argumento de que são milhares de lâmpadas, pois são muitos carros. Id.. pois são milhares de carros acima de 40.000,00.

Acho também que a culpa é nossa, mas é, porque não temos opção já que até os BMW e Mercedes para o Brasil são diferentes.

Conselho:
ENCHAM o saco das montadores exigindo qualidade a qualquer custo pelo que pagaram. Se sair mais caro consertar carros na garantia do que fazer carros bons, elas vão optar por fazer carros bons.

Dentro do que temos e a preço do Cobalt 1.8, não há concorrente pra ele. O Logan não oferece tudo que o Cobalt oferece e o mesmo para Fiat / Volkswagem. Até o Etios não é automático ainda.

O FIT e o City são mais caros que o Cobalt, embora eu me arrependa de não ter escolhido um...
Bela tática!

Reclamar, encher a paciência e aumentar os custos em garantia...

Quem sabe, né?
Páginas: 1 2
URL de Referência